//
você está lendo...
COLUNISTAS, girton, NOTICIAS

Time local é goleado por visitante em mais uma edição da Copa São José em SH. Confira Resultados!

Coluna semanal escrita pelo esportista Girton Rodrigues com os resultados dos jogos  nacionais, estaduais e municipais.

FutebolLocal
O Esporte Clube de Melancias Distrito de, estreou na Copa SãoJosé na Comunidade de Malhada Bonita e foi goleado pela equipe de Ipaumirim-CEpelo placar de 5 a 0. A Copa São José teve início no começo de fevereiro.


CampeonatoParaibano
Jogosdo Último Final de Semana
Botafogo 2 x 1 Alto Esporte
Treze 1 x 1 Campinense
Nacional de Patos 2 x 1 Esporte de Patos
Sousa E.C. 0 x 0 Paraiba E.C.

Flu dá show, vence o Vasco e conquista a Taça Guanabara

A espera foi grande. Háexatamente há 19 anos o Fluminense não levantava a Taça Guanabara. E com umaexibição de encher os olhos, o Tricolor das Laranjeiras venceu por 3 a 1 oVasco na final do primeiro turno, na tarde deste domingo, no Engenhão, e voltoua erguer o troféu.

O jogo foi um espetáculo digno das grandes finais de clubes do Rio. Os trêsgols do Flu, marcados por Fred (2) e Deco davam a impressão de que o jogoestava liquidado, mas o Cruz-Maltino não se deu por vencido e após o gol deEduardo Costa, o time teve oportunidades de até mesmo empatar, já no fim. Noentanto, não conseguiu.

MUITA EMOÇÃO E DOIS GOLSDO FLU
As duas torcidas fizerammuita festa na entrada dos times no gramado do Engenhão. Desde 2005 Vasco eFluminense não chegavam à decisão de um turno. Há 18 anos os dois clubes nãodecidiam uma final de Taça Guanabara. Na entrada de campo, o goleiro FernandoPrass entrou com o menino Hugo, de sete anos, vascaíno deficiente visual.

E os dois times proporcionaram um bonito espetáculo, digno das grandes finaisda Taça Guanabara. Deco e Thiago Neves de um lado, Juninho e Diego Souza dooutro. Mas foram os jovens Wellington Nem, do Fluminense, e Willlian Barbio, doVasco, que protagonizaram os lances mais perigosos do primeiro tempo. Os doisinfernizaram as defesas pelos lados do campo.

A maior parte do primeiro tempo foi equilibrada, com os dois times atacando atodo momento. O primeiro gol do Fluminense, por exemplo, resume bem a etapainicial. Logo após Diego Souza chutar forte na trave, o Tricolor dasLaranjeiras respondeu à altura. Wellington Nem recebeu dentro da área e foiderrubado por Fagner, aos 35 minutos. Pênalti que Fred cobrou com categoria semchances para Fernando Prass: 1 a 0. A comemoração teve direito a dancinha.

Antes, porém, o jogo foi recheado de lances perigosos. Logo no primeiro minutode jogo, Nem driblou Dedé e chutou cruzado de forma errada. Foi a senha parainflamar a torcida do Fluminense. A resposta demorou, mas quase que o Vascoabriu o placar com Nilton. Juninho cobrou a falta da esquerda e o volante subiumais do que os zagueiros do Fluminense para cabecear próximo ao gol de DiegoCavalieri.

O Flu passou a tocar melhor a bola e aproveitou a falha de marcação do Vasco.Thiago Neves chutou com efeito obrigando Fernando Prass a executar defesadifícil, aos 14 minutos. Três minutos depois, Welllington Nem recebeu livre naárea, mas foi interceptado por Fagner. A bola sobrou para Fred, que acabouisolando a bola.

Quando o Fluminense passou a dominar o jogo, principalmente com jogadasrealizadas pela esquerda, com Deco e Nem, o Mago acertou um belo chute paramarcar o seguindo. Ele fingiu que ia cruzar e chutou diretamente para deixar oseu. Um belo gol de uma distância considerável, aos 41 minutos. O Vasco tentouagredir o adversário no fim para diminuir, mas não houve tempo.

FRED GARANTE A TAÇA
“Para pra ver, quecomeçou o show do meu Tricolor”. A música cantada pela torcida tricolorapós o primeiro gol do Fluminense retrata bem o que foi o segundo tempo. OTricolor das Laranjeiras continuou com muitos espaços. Deco e Thiago Nevesfizeram a diferença em enfiadas de bola com rara técnica.

No lance do terceiro gol, Thiago Neves lançou entre os zagueiros e Fred chutoude primeira para praticamente definir a decisão da Taça Guanabara: 3 a 0, aos11 minutos. Seis minutos depois, Deco enfiou uma bola de três dedos paraWellington Nem. O jovem atacante percorreu sozinho a intermediária à área, masacabou dando um toque a mais e permitiu que os zagueiros do Vasco serecuperassem.


O Vasco abusou dos chutões e a boa marcação tricolor dificultava a equipe deCristóvão Borges. Juninho fez jogada individual e chutou forte para a boadefesa de Diego Cavalieri, aos 19 minutos. Dedé passou a jogar comocentroavante, de forma desesperada para tentar diminuir o placar, mas sóconseguiu uma cabeçada perigosa.

Eduardo Costa, Felipe e Kim entraram, mas não mudaram o panorama da partida. OFluminense continuou tomando conta do jogo. O Tricolor teve a chance de fazer oquarto em jogada individual de Thiago Neves. Ele entrou na área e rolou deforma errada para Fred, que estava livre para fazer o gol. O Tricolor passou acadenciar o jogo e começou a dar campo para o Vasco.

Aos 38 minutos, Fagner foi à linha de fundo e cruzou para Eduardo Costa fazer oprimeiro do Vasco. Logo em seguida, Dedé quase fez o segundo em uma cabeçadaperigosa. A partir do lance, o Vasco se animou e passou a acreditar que poderiavirar. A pressão passou a ser do Cruz-Maltino. De fora da área, Kim chutou abola rente à trave. O fim do jogo foi recheado de emoção e com muitos lancesperigosos da parte do Vasco. Mesmo assim, o Tricolor acabou faturando o títuloapós 19 anos.


PRÓXIMOS JOGOS
A vida dos dois clubessegue agora na Taça Rio. O próximo compromisso do Vasco será na próximaquinta-feira, às 19h30, em São Januário, contra o Bonsucesso, pela primeirarodada do returno. O Fluminense, por sua vez, encara o Nova Iguaçu no sábado,às 18h30, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

VASCO 1 X 3 FLUMINENSE
Local: Engenhão, Rio deJaneiro (RJ)
Árbitro: Marcelo de LimaHenrique (RJ)
Auxiliares: RodrigoPereira Joia, Rodrigo Figueiredo Henrique Correa
Gols: Fred (36’/1ºT), Deco (41’/1ºT), Fred (11º/2ºT), Eduardo Costa (37’/2ºT)
Cartões amarelos: Wellington Nem (26’/1ºT), Deco (31’/1ºT), Juninho (30’/1ºT),Eduardo Costa (22’/2ºT), Dedé (33’/2ºT)
VASCO: Fernando Prass,Fagner, Dedé, Rodolfo, Thiago Feltri (Kim 28’/2ºT); Nilton, Fellipe Batos(Eduardo Costa – 14’/2ºT), Juninho e Diego Souza; Wiliam Barbio (Felipe28’/2ºT) e Alecsandro – Técnico: Cristóvão Borges.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos(Carleto – intervalo); Valência, Diguinho, Deco e Thiago Neves; Wellington Nem(Jean 23’/2ºT) e Fred – Técnico: Abel Braga.
Da Redação do Portal Fatos e Fotos
com olance

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: