//
você está lendo...
NOTICIAS, PARAIBA

Surto de dengue ameaça Paraíba

Apesar da queda donúmero de casos de dengue e de mortes decorrentes da doença este ano, setemunicípios paraibanos ainda seguem com risco de enfrentar surto da doença até ofim do verão. A informação do Ministério da Saúde (MS) ressalta que o perigoainda ameaça uma população superior a mais de 120 mil pessoas. Segundo oMinistério, o risco de surto ainda é real nas cidades do Conde, Prata,Cajazeiras, Bom Sucesso, Brejo dos Santos, Riacho dos Cavalos e Teixeira.

Os dados do governo federal mostram que este ano na Paraíba foram registrados155 casos de dengue entre os dias 1º de janeiro a 11 de fevereiro. Emcomparação com o mesmo período do ano passado, quando ocorreram 1.423 casos,houve uma queda de 89,10%.

O mais recente boletim epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES)também confirmou que este ano os casos notificados de dengue apresentaram umaredução, mas diverge quanto à taxa. Segundo a SES, a queda foi um pouco menor eficou em 84,25%, no período de 1º janeiro a 10 de fevereiro. De acordo com odocumento, este ano foram notificados 186 casos da doença, enquanto no mesmoperíodo do ano passado foram 1.181.

Conforme o novo boletim, até o último dia 10, foram confirmados 16 casos dedengue clássica, um de dengue por complicações e um por febre hemorrágica – nãofoi registrado nenhum óbito. Segundo a gerente executiva de Vigilância em Saúdeda (SES), Júlia Vaz, essa redução é um dado bastante positivo e reflete otrabalho preventivo que é realizado desde o último trimestre do ano passado, quandoo Governo do Estado adotou as crianças como atores para disseminação deinformações de prevenção e combate à dengue.

Conforme Júlia Vaz, para que o trabalho de combate e prevenção à dengue alcanceresultados positivos, é necessário a união do Estado e municípios, envolvendoas secretarias de Educação, Saúde, Infraestrutura e os órgãos responsáveis pelalimpeza urbana. “Quanto à contribuição da sociedade, é preciso que aspessoas facilitem a entrada dos agentes de saúde em suas residências para que elespossam desempenhar o seu trabalho”, ressaltou.

No Brasil, o Ministério da Saúde identificou uma queda de 62% nos casos dedengue no início de 2012. Entre os dias 1º de janeiro a 11 de fevereiro, foramregistrados 40.486 casos da doença, contra 106.373 no mesmo período do anopassado.

Seguindo a mesma tendência de queda, houve diminuição de 86% nos casos graves –que passaram de 1.345 (2011) para 183 (2012) – e de 66% nos óbitos, quereduziram de 95 (2011) para 32 (2012).

O Levantamento de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa 2012) realizado peloMinistério avaliou 536 cidades brasileiras e mostra que 356 municípios têm altapresença do mosquito, sendo 91 em situação de risco de surto e 265 em alerta.Outras 180 cidades apresentam baixo risco de infestação.

Da Redação do Santa Helena Fatos&Fotos
com Jornal da Paraíba

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: