//
você está lendo...
PARAIBA

Servidores da UFPB e UFCG voltam ao trabalho; IFPB continua em greve

Funcionáriostécnicos e administrativos das Universidades Federais da Paraíba (UFPB) e deCampina Grande (UFCG) encerraram suas greves. Apesar da tendência, osservidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba(IFPB), de João Pessoa, resolveram manter o movimento.
Otérmino das greves vale para todas as universidades públicas federais. O motivofoi a conclusão do Orçamento da União para o ano de 2012. Na UFPB a greve durou106 dias. A decisão pelo fim aconteceu na segunda-feira (19), mas os funcionáriossó voltarão ao trabalho no dia 26 de setembro. Já em Campina Grande, o términoda mobilização aconteceu na sexta-feira (16) e na segunda as equipes já estavamde volta ao trabalho.
Parao presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior da Paraíba(Sintespb), Rômulo Xavier, as greves terminaram sem avanços nas negociações. Ogoverno federal não concedeu reajuste salarial e nem atendeu às outrasreivindicações da categoria.
“Osreajustes salariais e outros benefícios da categoria que estamos reivindicando,caso fossem aprovados, seriam inseridos no orçamento. Com o documentoconcluído, fica quase inviável a concessão das reivindicações. Vamos negociar,mas os pagamentos só poderão ser feitos em 2013”, analisou.
Jápara o presidente da Federação dos Sindicatos de Trabalhadores dasUniversidades Públicas Brasileiras (Fasubra), Marcelino Rodrigues, ainda hápossibilidade do governo atender às reivindicações, já que o Orçamento da Uniãopode receber emendas até dezembro. “Chamamos a categoria para a greve edecidimos chamá-la para o término do movimento. Esperamos, assim, conseguir terêxito na negociação”, afirmou.
IFPB
Os servidores também se reuniram na segunda-feira (19), mas professores efuncionários resolveram manter a mobilização e aguardar a resposta de umacontraproposta feita ao governo. A próxima assembleia será na sexta-feira (23).Os servidores querem reajuste salarial de 16,4%, redução de 40 para 30 horas dajornada de trabalho dos servidores, maior participação dos funcionários nosconselhos deliberativos e democratização da estrutura do IFPB.
Hospital Universitário de João Pessoa
Na quarta-feira (21), o comando de greve dos servidores técnicos eadministrativos da UFPB se reúne para avaliar o funcionamento do Hospital LauroWanderley, cujo ambulatório não atende desde o começo de setembro.
Da Redação do Santa HelenaFatos&Fotos
Com o G1PB

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: