//
você está lendo...
sertao

Após confirmar estupro da menor, acusados são ameaçados de apanhar até morrer em CZ

O Instituto de Medicina Legal de Patos confirmou nessa quinta-feira (15), que a menor das iniciais M.D.M, de apenas três anos de idade, natural de Cajazeiras sofreu violência sexual. O abuso a criança ocorreu no dia 27 de agosto e três pessoas são suspeitas, entre elas o pai da menina, o catador de lixo Raimundo Nonato, que é acusado de trocar a filha por quatro pedras de crack. O laudo foi anexado ao inquérito policial e entregue ao Juiz de Cajazeiras, Judson Kildere.
O principal acusado do crime é Francisco Gonçalves (Cabeção), que foi preso e levado para o Presídio Regional de Cajazeiras, sendo transferido juntamente com o pai da menina, para a Colônia Penal de Sousa, pois no presídio da cidade, os detentos estavam ameaçando os acusados de morte.
Segundo informações, o juiz das execuções penais de Sousa mandou os dois presidiários de volta para Cajazeiras porque lá os presos queriam espancá-los até a morte.
Em Cajazeiras, eles estão em celas isoladas e o diretor do presídio regional, o Sargento Rivonaldo estuda a possibilidade de transferir os acusados para uma cidade mais distante, onde o caso não tenha ganhado tanta repercussão.
A polícia investiga a participação de um terceiro envolvido, que teria presenciado a negociação e o estupro da criança.
A menina está sob cuidados do Conselho Tutelar da cidade.
DIÁRIO DO SERTÃO

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: