//
você está lendo...
BRASIL

Lula ataca mídia e dá mais 4 anos a Dilma

GOIÂNIA – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu na quinta-feira, 15, a gestão de sua sucessora, Dilma Rousseff, e chegou a sugerir que a presidente concorra à reeleição em 2014. Como de costume, Lula também criticou a imprensa e afirmou que a oposição trabalha pelo fracasso da atual gestão.

Lula, com o presidente da UNE, Augusto Chagas, e o ministro Haddad.

As declarações foram feitas durante evento da União Nacional dos Estudantes (UNE), em Goiânia. Lula negou ter divergências com Dilma. Ele preferiu imputar à imprensa uma suposta discórdia entre eles: “Saí há seis meses do governo e eles (a imprensa) não saem do meu pé”, afirmou. “Primeiro, eles tentaram mostrar uma divergência entre eu e a Dilma. Não precisa ser nenhum especialista para saber qual a diferença. Depois perceberam que não havia divergência”, disse, arrancando risos da plateia.

“Quando fui a Brasília para tirar fotos com os senadores, disseram que ela (Dilma) era fraca”, afirmou. “E o babaca que escreveu isso, se já tivesse sentado com a Dilma por dez minutos, iria saber que ela pode ter todos os defeitos do mundo, menos ser fraca.”

O ex-presidente também criticou a imprensa por divulgar informações sobre o patrocínio da Petrobrás, no valor de R$ 4 milhões, ao evento dos estudantes: “Aquele jornal (O Globo), de caráter nacional, não sai do Rio de Janeiro”, disse Lula. “Vai na baixada Fluminense que você não acha ele”, ironizou. “E os grandes (jornais) de São Paulo quase não chegam no ABC.”

À vontade, Lula evitou temas espinhosos, como a denúncia do procurador-geral da República, Roberto Gurgel, apresentada ao Supremo na semana passada e segundo a qual o mensalão, escândalo da gestão do ex-presidente, foi uma atentado à democracia brasileira.
Sobre a performance de Dilma, ele afirmou: “A presidente vai fazer mais e melhor do que nós fizemos. Ela vai inaugurar até o final do mandato, digo, deste primeiro mandato, obviamente, mais 200 escolas técnicas”.
Durante o encontro dos estudantes, Lula disse estar sentindo a ausência do ex-vice-presidente José Alencar, morto neste ano, e da presidenta Dilma ao seu lado no evento: “Acho que foi um equívoco (ela não estar presente)”, disse ele. “A gente ia dizer: nunca antes na história do Brasil uma presidenta, mulher, tinha participado de um encontro da UNE.”
Da Redação do Santa Helena Fatos&Fotos
com informações de Antonio Cruz/ABR

Discussão

Um comentário sobre “Lula ataca mídia e dá mais 4 anos a Dilma

  1. ELE PODE FAZEZ ISSO, ESTOU COM ELE.

    Publicado por ZÉ DINIZ | 21 de julho de 2011, 21:32

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: